O que é microagulhamento, para que serve e seus benefícios

O microagulhamento é um procedimento estético que vem conquistando cada vez mais adeptos. Sobretudo em razão dos benefícios que ele oferece, seja no tratamento de manchas, cicatrizes ou flacidez. Mas, apesar de sua popularidade, muitos ainda têm dúvidas sobre o que é microagulhamento.

Se você é uma delas, nesse artigo, trouxemos mais detalhes que podem ajudar a esclarecer suas dúvidas. Desde o conceito desse procedimento, até para que serve o microagulhamento, como ele é feito e muito mais. Portanto, fique conosco até o final e entenda mais detalhes.

O que é microagulhamento e para que serve?

Para você que não sabe o que significa microagulhamento, este consiste em um tratamento realizado com o uso de microagulhas, onde são feitos através de pequenas perfurações na pele.

Essas microperfurações provocam pequenas feridas que induzem o processo inflamatório da pele. Dependendo do objetivo do procedimento, o microagulhamento pode aumentar a produção de colágeno, melhorar a qualidade da pele, tratar determinados problemas de pele, entre outras finalidades.

As técnicas para realização deste procedimento são bem diversas e podem ser feitas com rolinhos com pequenas agulhas, onde é possível regular a profundidade, desde que esteja associada a radiofrequência.

Geralmente, não é um procedimento muito invasivo e os profissionais aplicam uma pomada anestésica para minimizar o desconforto. Contudo, existe o microagulhamento cirúrgico e esse sim, precisa de anestesia local e é realizado em uma sala de cirurgia, para o bem-estar do paciente.

Não há restrições em relação ao tipo de pele ou área do corpo, mas a pressão feita sobre a pele varia conforme o grau de tratamento. Todavia, em regiões mais sensíveis, é aconselhado o uso de agulhas bem finas.

O que é microagulhamento no rosto?

O microagulhamento é uma técnica que pode ser aplicada inclusive no rosto que é um local bem sensível.

No rosto o principal motivo para usar o microagulhamento é estimular a produção de colágeno e aumentar a vasodilatação. Isso contribui com a melhor absorção de alguns medicamentos que são administrados sobre a pele.

Além disso, a aplicação dessa técnica no rosto também é feita quando se deseja tratar doenças de pele no rosto, mas o mais comum é prevenir rugas e recuperar marcas de espinhas.

Quais os benefícios principais do microagulhamento?

Os principais benefícios que o microagulhamento traz são:

- Absorção melhor de produtos para a pele;

- Diminuição de estrias;

- Melhoramento de manchas;

- Produção maior de colágeno;

- Promoção de melhor aparência as cicatrizes;

- Redução de linhas de expressão e rugas.

Quais são as indicações para o uso de microagulhamento?

O microagulhamento traz diversos benefícios estéticos e é muito indicado para resolver problemas relacionados a cicatrizes, calvície e flacidez. Vejamos qual a indicação e como é realizado o procedimento:

Calvície – o procedimento provoca o sangramento, então ocorre uma sinalização das plaquetas para que aconteça a redução desse sangramento. Dessa forma, começa a ser produzido queratina e colágeno, assim acaba novamente sendo formado o cabelo;

Cicatrizes de estria ou espinha – a ideia é criar múltiplos microcanais para provocar a angiogênese e produção de colágeno;

Flacidez – através do microagulhamento os fibroblastos produzem maior quantidade de elastina e colágeno, isso restaura a pele e deixa mais firme;

Melasma – as perfurações diminuem a pigmentação causada pela doença. Sem falar que à própria renovação celular acaba diminuindo a cor das manchas;

Rejuvenescimento – busca diminuir a flacidez e reduzir as linhas de expressão, melhorando a textura da pele e a luminosidade.

O que usar no microagulhamento?

O microagulhamento é feito com agulhas que variam o tamanho, sendo que ficam na faixa entre 0,25 e 3 mm e o diâmetro pode chegar a 0,8 mm.

A estimativa é que uma agulha dessas consiga penetrar entre 1,5 e 2 mm na pele. A relação de quantidade é que quanto mais agulhas por aparelho, menor a penetração na pele.

O que fazer antes do microagulhamento?

Existem alguns cuidados que se deve ter antes de realizar o procedimento. Contudo os mesmos irão depender do tipo de pele.

Para peles mais escurecidas, será necessário aplicar antioxidantes e clareadores. Além disso período de preparo começa 30 dias antes do procedimento, onde são usados produtos tópicos prescritos pelo médico.

Também deve-se evitar a exposição ao sol e suspender o uso de ácidos, como ácido retinóico, por exemplo, entre 48 e 72 horas antes de realizar o microagulhamento.

O que usar após microagulhamento?

Os cuidados após realizar o procedimento são um pouquinho diferentes, já que o próprio tratamento promove a descamação da pele, vermelhidão, ardência, inchaço, crostas superficiais de cicatrização e muita sensibilidade.

Então, o ideal é aplicar hidratantes indicados por seu médico e usar uma água termal para acalmar a região. Alguns casos são necessários usar antibiótico, mas isso vai depender muito e somente o médico vai poder indicar.

É uma recomendação que é bem básica, porém de fundamental importância, evitar a exposição ao sol no primeiro 1 mês e meio, e após somente com filtro solar com fator de proteção maior que 30. Assim evita manchas.

Outro ponto importante de comentar, é que as crostas de cicatrização que surgem não devem ser arrancadas, para que você não machuque sua pele.

O microagulhamento dói?

Agora que já sabe o que é microagulhamento, certamente você está com medo de sentir dor com o procedimento, certo? Afinal, não tem como deixar de pensar nisto quando se imagina várias microagulhas perfurando sua pele não é mesmo?

Antigamente, isso de fato acontecia, pois os equipamentos usados no procedimento eram mais rudimentares. Por isso, era comum o paciente sentir muito desconforto.

Mas nesses últimos anos o microagulhamento já evoluiu bastante e são usadas técnicas para reduzir o desconforto, como: resfriamento da pele, máscara de LED e pomadas anestésicas, como a TKTX.

Antes de realizar qualquer tratamento estético tenha certeza que o local segue as normas da vigilância sanitária. E também adota mecanismos que ajudam a reduzir o incomodo do paciente com o procedimento realizado.

Além disso, busque conhecer o trabalho do profissional, veja se possui a experiência adequada. Até mesmo para que você evite problemas futuros. Quanto maior a experiência do profissional, menor a chance de você apresentar qualquer tipo de dor.

Como reduzir a dor e melhorar a cicatrização no microagulhamento?

Como já citamos acima, muitos profissionais utilizam a pomada TKTX, para conseguir um melhor resultado, diminuindo a dor do procedimento e promovendo uma maior cicatrização. A pomada é um ótimo anestésico para microagulhamento e tem cores diferentes que significam o tempo de duração da sensação anestésica.

Por exemplo, a pomada TKTX na cor azul, proporciona 2 horas e 30 minutos de anestesia. A aplicação é bem simples e basta usar no local completamente higienizado. Essa pomada é reconhecida mundialmente e usada por esteticistas de várias especialidades.

Inclusive tatuadores acabam usando este produto, devido seu potente fator anestésico, trazendo muito conforto para as pessoas. Lembrando que essa pomada tópica não deve ser aplicada na região dos olhos e precisa ficar longe do alcance das crianças.

O melhor de tudo é que é um produto que não promove efeitos colaterais, sendo para a técnica do microagulhamento, pois reduz consideravelmente o desconforto causado pelas agulhas. Sua aplicação também é recomendada para outros procedimentos estéticos.

Portanto, se você tem vontade de fazer microagulhamento, mas tem medo de sentir dor, experimente a pomadas TKTX e realize seu procedimento com conforto e tranquilidade!

Sobre a loja

Conheça a Pomada Anestésica para Tatuagem TKTX, para alívio da dor em procedimentos estéticos como Tatuagem, Micropigmentação, Jato de Plasma e muito mais.

Pague com
  • Pix
  • PagHiper
  • Mercado Pago
Selos

Criativa Cosméticos & Beleza Ltda - CPF: 062.472.657-60 © Todos os direitos reservados. 2022